Publicidade

Publicidade

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Itabuna-BA: Jovem morre com suspeita de dengue hemorrágica.

12/02/2016

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
O jovem Rafael Esteves Farias Monteiro, de 22 anos, morreu na quinta-feira (11), no Hospital São Lucas, em Itabuna, no sul da Bahia, vítima da dengue hemorráfica, conforme aponta o atestado de óbito do rapaz. Parentes do jovem disseram que ele começou a manifestar os sintomas na segunda-feira (8), e que esteve no Hospital São Lucas, na segunda e terça (9). O jovem foi atendido e liberado mesmo com sangramento na gengiva.

Amostras de sangue de Rafael Monteiro foram colhidas para confirmar o diagnóstico. A direção técnica da unidade de saúde, que é administrada pela Santa Casa de Misericórdia, apura se ele recebeu o atendimento necessário.

“A gente vai averiguar agora esses atendimentos anteriores para ver se ele já manifestava sinais de alerta antes, ou não, para poder a gente entender essa evolução do quadro dele”, disse Lívia Mendes, diretora técnica do Hospital São Lucas.

Epidemia

Itabuna vive uma epidemia de dengue, chikungunya e zika vírus. Segundo a secretaria municipal de Saúde, de junho de 2015 até fevereiro de 2016, foram notificados mais de doze mil casos. Os hospitais da cidade estão lotados de pessoas com sintomas dessas doenças. O tempo de espera por atendimento passa de cinco horas. Tem gente que espera deitado no chão, em frente ao Hospital São Lucas e no Hospital de Base.

Na próxima semana, o município vai inaugurar o “QG (Quartel Geral)” da dengue, o que deve aliviar o atendimento nos hospitais. A secretaria municipal de Saúde reconhece os problemas e diz que a situação pode piorar. “No final de março para abril, nós vamos ter, possivelmente, até metade da população de Itabuna com ataque de um dos três vírus”, afirma Paulo Bicalho, secretário de Saúde do município. (Via Itambè Agora)

Nenhum comentário:

Postar um comentário